terça-feira, 3 de agosto de 2010

Pós-graduações no exterior estão cada vez mais variadas

A oferta de pós-graduações, mestrados e doutoramentos na área do Direito e da Justiça são cada vez mais variados e incluem áreas tão diversas como a Energia, o Direito Aéreo, do Trabalho ou do Desporto, a Investigação Criminal e da Prova e a Gestão e a Administração. O Destak fez uma pesquisa e dá-lhe a conhecer alguns destes cursos, as suas exigências, o nível de empregabilidade e as principais cadeiras.
Patrícia Susano Ferreira | pferreira@destak.pt
Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa
Para os que gostam da área da aviação civil, a Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, tem o curso de pós-graduação de Direito Aéreo que começa em Outubro deste ano e que termina em Julho do próximo, com uma carga horária total de 70 horas. Entre os principais módulos, destaque para a protecção do passageiro aéreo; prestação de serviços de navegação aérea; regime jurídico das aeronaves; segurança da aviação civil internacional; regulação do transporte aéreo; e organizações da aviação civil.
O custo da pós-graduação é de 1800 euros (200 mensais), mais 60 euros de inscrição e 140 de matrícula.
A mesma faculdade oferece uma pós-graduação de aperfeiçoamento em Direito da Investigação Criminal e da Prova, que aborda temas como o tratamento dos elementos do crime e o segredo de Justiça, além de esclarecer os alunos sobre os poderes e deveres do Ministério Público, das Polícias e dos arguidos de um processo.
Também na Faculdade de Direito de Lisboa pode tirar o XII Curso Pós-Graduado de Especialização em Direito do Trabalho, que contempla o Código do Trabalho Revisto, e que começa dia 12 de Outubro. Este curso, que conta com docentes como Jorge Miranda e Pedro Romano Martinez, aborda a área do Direito Comunitário e Internacional do Trabalho; o contrato e sua cessação; o trabalho e a empresa; o Direito das condições de trabalho; a Segurança Social; e os conflitos colectivos.
Já se o seu interesse vai ao encontro do Direito do Consumo, a resposta pode estar num curso que tem um custo total de 1400 euros e que começa a 18 de Outubro. Entre as áreas leccionadas, destaque para a política de defesa do consumidor; crédito à habitação e ao consumo; saúde e medicamentos; segurança alimentar e de produtos; turismo e lazer; propriedade intelectual e sociedade da informação; e concorrência e consumo.
Faculdade de Direito da Universidade Nova
Pela primeira vez na Nova de Lisboa, surge a 1ª edição do Curso de Extensão Universitária em Direito do Desporto com módulos como a Europa e o Desporto; os Agentes e as Organizações Desportivos; a Defesa da Ética; a Tributação e Segurança Social no Desporto; as Responsabilidades nesta área; e a Resolução de Conflitos.
Já na área da Comunicação, Media e Justiça, a Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa tem um mestrado onde vai abordar temas como a Comunicação e a Democracia; Direito da Comunicação Social; Retórica, Direito e Democratização Continental; e Sociologia Jurídica.
Mas se prefere aprofundar os seus conhecimentos da Justiça: Perspectivas Jurídicas e Meta-Juridicas, a Nova oferece um mestrado nessa área, que começa em Setembro e termina em Fevereiro de 2012. As aulas do curso decorrem às sextas-feiras e sábados na Faculdade de Direito e abordam temas como a Sociologia Judiciária, a Constituição Plural, a Negociação e a Arbitragem.
Universidade Católica
Já na Universidade Católica pode optar por tirar mestrado em Direito e Gestão, Forense ou Direito Administrativo, tanto na área da contratação pública como da energia (que é uma nova vertente). O primeiro já vai na 4ª edição a formar novos especialistas em direito da empresa e juristas melhor preparados para interagirem de forma eficaz com os gestores e tem uma taxa de empregabilidade de 90% antes dos alunos terminarem o 2º semestre. Na estrutura curricular, destaque para disciplinas como Estratégia, Marketing, Mercado de Capitais e Fusões e Aquisições e ainda um leque de conferências sobre Ética nos Negócios.
A propina global dos três semestres é de 7730 euros, sendo que o melhor candidato terá uma redução de 50% na propina da parte curricular.
Já o Mestrado Forense, que abarca áreas diversas do Direito Processual e Direito Substantivo, sobretudo nos domínios do Direito Civil, Empresarial e Penal, tem um custo total dos três semestres de 5570 euros e vai na 4ª edição.
No que respeita ao Mestrado de Direito Administrativo, e após três anos de funcionamento, a Católica apresenta no ano 2010-2011, uma importante novidade: a introdução de uma vertente deEnergia ao lado da de Contratação Pública. Ambas são destinadas a recém-licenciados e juristas com experiência profissional na advocacia, administração publica e judicatura. Este mestrado tem um preço de 6740 euros.
A Católica tem ainda um leque variado de pós-graduações, por exemplo, em Direito Comercial, Ciências Jurídicas, Fiscalidade, Direito do Trabalho e Direito e Prática da Contratação Pública.
Faculdade de Direito de Coimbra
Ainda na área da Administração Pública, a Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra tem um mestrado com uma duração de dois anos e 50 vagas. Entre as principais disciplinas, destaque para Administração Judiciária, Auditoria, Controlo de Gestão, Finanças e Regulação Públicas e Gestão Autárquica. No entanto, também pode optar pelo curso de Administração Pública, mas com a vertente empresarial.
Mas se a preferência vai para uma pós-graduação, está na faculdade certa, a variedade não podia ser maior. Estudos Europeus, Direito da Comunicação, Direito da Família, Direitos Humanos, Regulação Pública e Concorrência, Justiça Administrativa e Fiscal, Contratação Pública, Direito Notarial e Direito da Inclusão são apenas alguns exemplos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário