segunda-feira, 23 de maio de 2011

Conheça o grupo de estudos “Diálogos Lyrianos”


Em 2010, foi criado o grupo de estudos “Diálogos Lyrianos”, como um espaço de articulação de reflexões e ações em torno das questões atuais da sociedade brasileira a partir do arcabouço teórico de “O Direito Achado na Rua”. A concepção de "O Direito Achado na Rua" é fruto da reflexão e da prática de um grupo de intelectuais reunidos no movimento Nova Escola Jurídica Brasileira (NAIR), cujo principal expoente foi o professor Roberto Lyra Filho.A proposta do grupo “Diálogos Lyrianos”  é manter aberto e permanente o diálogo entre o pensamento do Prof. Roberto Lyra Filho e o pensamento de outros e outras que, como ele, distinguem-se pela sensível preocupação com a emancipação de mulheres e homens. Esse diálogo é a vocação permanente de “O Direito Achado na Rua”. Para além do espaço de pesquisa acadêmica e institucional propriamente dita, que tem como referência a linha de pesquisa de mesmo nome no Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB), é um espaço aberto e democrático de dinamização das interlocuções de pessoas que buscam criticamente pensar e viver o Direito, sob o signo da libertação de mulheres e homens. Desse modo, as atividades do grupo de estudos são integrantes do processo de constituição e consolidação do pensamento do prof. Roberto Lyra Filho nas múltiplas leituras que são feitas de sua obra, a partir dos olhos, das práticas e das interlocuções de quem vive o tempo e os dilemas do presente.
Essas atividades e a produção das/os integrantes do grupo estão sendo publicados no blog: odireitoachadonarua.blogspot. com, e convidamos a todos e todas a acessá-lo periodicamente!
Ainda, para quem já fez parte, ou faz parte, ou se identifica com a linha "O Direito Achado na Rua", solicitamos contribuições de textos, dados, imagens, vídeos e o que mais acreditar ser interessante e ter vinculação com os propósitos do grupo. Quem quiser contribuir, basta entrar em contato através do e-mail: liviagdf@gmail.com
Atenciosamente,
Lívia Gimenes
Grupo de estudos Diálogos Lyrianos




Nenhum comentário:

Postar um comentário