segunda-feira, 20 de junho de 2011

Ensino Superior: OAB reduz em 20% as questões do exame



Número de questões cai de 100 para 80 na 1ª fase e de 5 para 4 na segunda. Redação e duração, de cinco horas, foram mantidas; alto índice de reprovação é um dos motivos da mudança.
O novo exame nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), que está com as inscrições abertas, terá uma redução de 20% no número de questões em relação aos testes anteriores. Passará de cem perguntas, na primeira fase, para 80. Na segunda fase, a prático-profissional, também haverá redução de cinco para quatro questões discursivas -a redação foi mantida. 
O tempo para respondê-las continuará o mesmo: cinco horas. Um dos motivos para a mudança, admitem os advogados, é o índice de reprovação nos exames anteriores, superiores a 80%. "Um dos pleitos dos examinandos, dos bacharéis, era que prova era muito longa, muito cansativa para se fazer em cinco horas. Eles vão ter o mesmo tempo para resolver menos questões", afirmou o vice-presidente da comissão do exame, Edson Cosac Bortolai. "Dá mais tempo para pensar."
 Fonte: Folha de São Paulo - 17/06/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário